segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Giselle Itié abre o coração e fala sobre solidão de ser mãe solo

 Giselle Itié

Imagem: Reprodução / Instagram

Giselle Itié, mãe do pequeno Pedro Luna, de cinco meses, fez um breve desabafo nas redes sociais sobre ser mãe solo. O primogênito é fruto do seu antigo relacionamento com o também ator Guilherme Winter, que chegou ao fim em junho deste ano.

A solidão de uma mãe solo é tão assustadora a ponto de estourar a alma até quebrar os ossos. Sim, nasci no México. Não, não é drama” escreveu ela, que ainda incluiu a hashtag “as mães solo precisam bravejar”.

Recentemente, Giselle contou em entrevista à Quem sobre como a maternidade mudou sua percepção de vida. “Definitivamente nasceu uma nova mulher. Nasceu quem eu sempre almejava ser: eu mesma”, frisou a musa que contou ainda as dificuldades do período de resguardo: “ Todas as dificuldades possíveis quando você entra em um mundo novo. Mas o que mais está me ‘atravessando’ é viver esse momento no meio de uma pandemia. Pois a minha rede de apoio é somente virtual. Sei que conversar e falar como me sinto, virtualmente, é muito importante, mas ao vivo faz muita diferença.”

Itié tem aproveitado o período da quarentena para produzir conteúdos na web sobre a “maternidade real”. “Levantei e continuo levantando várias lives sobre maternidade para nós mães nos acolhermos. Devemos nos unir e falar abertamente sobre as nossas experiências. A frase ‘ser mãe é padecer no paraíso’ é muito antiquada. Pois nós merecemos ser felizes e saudáveis no paraíso”, reforçou.

Por RD1