segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Evangélica, Priscilla Alcântara critica ações de conservadores contra menina vítima de estupro

 

Evangélica, Priscilla Alcântara critica ações de conservadores contra menina vítima de estupro
Foto: Reprodução / Instagram @priscillaalcantara

A cantora e apresentadora Priscilla Alcântara utilizou seu perfil no Twitter, na noite deste domingo (16), para criticar as ações de grupos conservadores contra uma menina vítima de estupro aos 10 anos. Evangélica e artista do segmento gospel, ela afirmou que “o crente precisa urgentemente rever as prioridades do Evangelho”, incluindo a si mesma. 

 

Em uma série de tuítes e retuítes, Priscilla disse que ninguém irá lhe impedir de pregar o amor, que “fanatismo religioso mata” e que “está tudo errado”. A cantora chegou a recomendar para ela mesma que não continuasse na rede social, por vontade de publicar mais declarações sobre o assunto. 

 

“Eu vou sair daqui porque meu dedo chega coça... E meu ímpeto não pode matar a minha sabedoria. Mas eu juro que vou dar a minha vida pra que Cristo e o amor sejam representados devidamente. Eu juro. E quando eu estiver fazendo merda, que esse mesmo Cristo me repreenda”, escreveu. 

 

Na tarde de domingo (16), conservadores extremistas estiveram na frente de um centro e saúde, em Recife, para impedir que uma criança de 10 anos, do Espírito Santo, grávida após ter sido estuprada pelo tio, interrompesse a gestação. Contrário ao aborto, o grupo chegou a hostilizar a vítima e o médico responsável por realizar o procedimento .