quinta-feira, 2 de julho de 2020

'Uma injustiça', classifica Dedé sobre fim do contrato de Renato Aragão com a Globo

'Uma injustiça', classifica Dedé sobre fim do contrato de Renato Aragão com a Globo
Foto: Reprodução / O Globo
Parceiro de anos do apresentador Renato Aragão, o humorista Dedé Santana se pronunciou sobre o fim do contrato do eterno Trapalhão com a TV Globo . O artista deu entrevista ao Fefito, do UOL, e classificou o acontecido como "uma injustiça".

"Eles não podiam ter feito isso com ele. Achei uma injustiça", declarou, justificando que a emissora tinha outras opções. "Eles poderiam renegociar o trabalho. Mas não dá para abrir mão de nomes como Renato Aragão e outros artistas que ajudaram a construir a emissora, como Tarcisio Meira. A Globo deveria nos dar um contrato vitalício", afirmou.

FIM DE CONTRATO
A saída de Renato Aragão se deu após 44 anos de casa. Conhecido do público na pele do personagem Didi Mocó Sonrizep Colesterol Novalgino Mufumbbo, ele usou as redes sociais para falar sobre o episódio. "Sa?o 44 anos de estrada e me vejo diante ha? uma mudanc?a! Sa?o novos tempos, novos parceiros, novos projetos e novos desafios. Minha grande parceira durante esses anos foi a Rede Globo, que me acostumei a chamar de minha casa. Mas diante há esses novos tempos e poli?ticas internas de contratac?a?o, vamos iniciar uma nova fase e trabalhos pontuais", disse Renato nas redes sociais.